ANJO MATREIRO

Um anjo – passageiro das brumas
Com minha luz ilumino teu caminhar
Vigiando teus passos a distancia
Sem nunca em ti encostar.
Uma brisa suave emana de mim
Faço tua pele arrepiar
Num sopro lanço um suspiro
Nesse indelével momento teu coração vai tocar.
Recolho pelo caminho teus sonhos
Ouço teus suspiros de esperança
Aconchego tua alma na dor
Sorrio e brinco com teu lado criança.
Apaixono-me por teus trejeitos
Vivo no mistério dos momentos
Estou gravada em tua alma
Paz que esvai teus lamentos.
Moro com as estrelas
Abrigo-me em alguma constelação
Escondo o sol – projeto o luar
Tudo para fazer feliz teu coração.
Não sou matéria – sou presença
Por isso não podes me tocar
Do infinito desci – junto a ti vou ficar
Anjo Matreiro sou – vivo só para te amar!

©Maria Lucilia Cardoso. Todos os direitos reservados