AMANHECER

 

clique na imagem e saiba mais sobre o livro e sua autora

 

PRÓLOGO:" Eu já tivera mais do que uma quota justa de experiências de quase morte; isso não é algo com que você se acostume.

Mas parecia estranhamente inevitável enfrentar a morte outra vez. Como se eu estivesse mesmo marcada para o desastre. Eu havia escapado repetidas vezes, mas ela continuava me rondando. Ainda assim, dessa vez foi diferente.

Pode-se correr de alguém de quem se tenha medo; pode-se tentar lutar com alguém que se odeie. Todas as minhas reações eram preparadas para aqueles tipos de assassinos — os monstros, os inimigos. Mas quando se ama aquele que vai matá-la, não lhe restam alternativas. Como se pode correr, como se pode lutar, quando essa atitude magoaria o amado? Se sua vida é tudo o que você tem para dar ao amado, como não dá-la? Quando ele é alguém que você ama de verdade."

(in Amanhecer ", Stephenie Meyer)

 

clique na imagem e assista a uma das canções de Crepúsculo,
o primeiro livro, da série

 

Estava ansiosa para que finalmente fosse publicado o 4° livro dessa série que continua fazendo um sucesso estrondoso . Um romance eletrizante, com todos os elementos e mais alguns, inesperados e inusitados, que faz com que seja esse enorme sucesso. E venhamos e convenhamos, não somente entre os adolescentes, confessemos, que nós, adultos também estávamos dando nossas passadinhas na livraria a toda hora para saber quando iria finalmente sair o livro. Acredito que temos um herói (Edward Cullen) com todos os elementos de herói, propriamente dito, mas o segredo do livro é que seu par, Bella, está mais para anti-heroína. É desajeitada, nem um pouco glamourosa, tampouco vaidosa, e vive desmaiando pelos cantos a cada cinco páginas do livro. Isso faz com que nosso belo vampiro apaixonado passe o tempo todo salvando-a e protegendo-a, fora, que ela mal caminha, é carregada nos braços de seu amado em quase a maior parte dos capítulos. Cá pra nós, isso mexe ou não mexe com nosso imaginário feminino!!


Karla Julia