ALÔ CHICS

Gloria Khalil, num bate-papo delicioso, semana passada, no Fashion Mall, iniciou a conversa explicando a diferença entre a etiqueta da “corte”, que não tem mais razão de ser em nossos tempos e o que é a verdadeira etiqueta, a “ética do quotidiano, capaz de regular as relações entre as pessoas, tornando a vida mais leve”.
Ao citar uma frase marcante de seu livro ”Ninguém é chic se não for civilizado”, quis dizer que de nada adianta saber o garfo certo para determinado prato, se não se sabe respeitar o
próximo e tratá-lo com consideração.
Adorei um exemplo que deu, quando fala da etiqueta sem sentido, obsoleta, cuja tendência é ir desaparecendo aos poucos. Por exemplo: ainda é norma de etiqueta não cortar com a faca a folha da alface. Mas por que essa regra foi feita? Por que antigamente as facas, escureciam quando cortavam a alface, por causa de um componente químico que entrava em contato com a parte cortante da faca. Hoje em dia, as facas já não escurecem mais, portanto essa regra de etiqueta, irá desaparecer aos poucos, já pois é uma regra que não tem uma razão realmente importante para uma melhor convivência entre as pessoas ou para a facilitação do dia-a-dia.
Etiqueta é para viver melhor, para facilitar as relações humanas, para que tudo se torne mais leve, isso é ser chic,tratar o outro com o respeito que ele merece.
E Glorinha, você realmente é uma pessoa chic e imensamente simpática!!
Recomendo seu livro, principalmente para os adolescentes e pessoas de fino trato!!

Karla Julia