OSWALDO ANTONIO BEGIATO

AQUIETAÇÃO


  “Calme” Jackie Boucaud


 Não tenha medo, minha eleita.

Não venho como tempestade,
Venho com ventos brandos
Na ponta das asas
E gestos macios na ponta dos dedos.

Não venho como fuzil,
Venho com penas brancas
Na ponta da túnica
E lenço branco na ponta da lança.

Não venho como decreto,
Venho com versos tantos
Na ponta da língua
E rimas toantes na ponta dos versos.

Não venho com más intenções,
Venho como se quisesse
Namorar a suavidade,
Casar com a meiguice
E ninar a quietude.

 

Canção:"Evergreen", Barbra Streisend

©Oswaldo Antonio Begiato. Todos os direitos reservados