TONHO FRANÇA

"Dança dos girassóis...(solos de despedida)"




as últimas luzes do sol bordam à vida nuances de descanso
como uma pausa musical

A noite se entrega lenta à dança dos girassóis

O ritmo doce-água do monjolo desperta
o aroma das melissas que não colhi.

a lua entorna estrelas num céu que não me pertence

meus segredos todos já não têm sentido algum
A solidão e o tempo os tornaram dispensáveis, comuns...

não sei em qual porta-jóias esqueci os amores que tive

os álbuns de fotografias há muito se perderam

Todos os caminhos se parecem por não haver outro ponto de chegada ou partida.

É noite, e definitiva:
minha alma já parece ter a idade do universo
O fogo brando cozinha o chá de ervas,
A minha volta, aos poucos, tudo se faz silêncio

Percebo-me entre a dança dos girassóis,
Sinto-me leve - quase melodia
E irei antes de nascer o dia.
.

©Tonho França. Todos os direitos reservados.

Canção:Música: Dinah Washington - Cry Me a River