Cavalo selvagem

Cavalo selvagem que pelos campos vive livre a trotar
correndo pelas matas verdes atravessa vales e rios sem destino certo detentor da liberdade que causa inveja, corta o vento num eterno galopar sem ter lugar de parada faz o teto da sua morada o céu aberto

 

No mundo selvagem não existe interesses pessoais sobre o próximo e sim o extinto animal que não tem regras preestabelecidas entre eles não há corrupção e mentiras apenas atitudes sinceras com os animais não se conhece a hipocrisia que entre nós impera

 

Por que a liberdade é tão perseguida se fazemos das nossas vidas prisão sempre nos amarrando a coisas banais e sem sentido, escravos da paixão poderíamos ser como os animais selvagens sem destino e parada nada nos domaria nem sequer nos obrigaria a uma vida escravizada

 

Quem me dera ser eu um animal e viver solto pelo mundo
e como um cavalo selvagem estar livre pelos campos a correr viver em harmonia com a natureza sem interesse próprio e falsidade ter espirito leve sem ganância apenas no peito o desejo de liberdade

 

©Valter Montani . Todos os direitos reservados