Hoje

Hoje é meu tudo em tempo em minha mão:
não dura um dia, mas fugaz momento:
é futuro e é passado, e em movimento,
é o presente, de curta duração

Hoje é meu tempo para o pensamento
Para estender-me mais em reflexão;
E para refletir toda extensão
De cada interminável sentimento

Hoje é meu tempo para decidir
Se vivo para o ter ou para o ser;
Conforme escolho me comprometer

Que é hoje a minha chance de existir:
A cada hoje tenho decidido
Fazer a vida cheia de sentido

©Diógenes Pereira de Araújo. Todos os direitos reservados

Diógenes Pereira de Araújo
Blog:http://diogenespereiradearaujo.blogspot.com