Mansidão




Quero esses seus olhos de mar
Tanta luz no meio da escuridão
Até quando o tempo poderá esperar?
Até quando minha paciência irá suportar?

Eu, que já ando em círculos,
dia desses, gritei seu nome, bem alto
Dormi, acordei, voltei a dormir,
exausta, sonhei sonhos dourados

Quando dei por mim,
o procurava pelos quatro cantos da casa,
depois, procurei nas gavetas,
procurei na cama, por todos os lugares

Mas você já me aguardava em meu futuro...

Vem pra cá que o tempo não tem tempo de esperar
Quando estou só te odeio muito!
É que o tempo faz estragos profundos!

Mas quando chega, por fim...

Sinto gosto de brigadeiro,
cheiro de chuva fininha e sinto seu cheiro
Por ser assim...esse homem de olhos de mar
que num relance, se transforma em meu manto

Completando-me exatamente do jeito que sonhei ...

Karla Julia

Canção: "The Closer I get to you" Beyoncé

 
 

Jenario de Fátima

Tonho França

Valter Montani

Oswaldo Antonio Begiato

Míriam Warttusch

Armando Licurgo

Maria Lucilia Cardoso

Diógenes Pereira de Araújo

Helena Jorge

Fátima Queiroz e sua Arte Digital

Meus Artesanatos, by Karla Julia

 



 
   
 

Campo de Orquideas by Karla
Valter Poeta
Liberdade perfeita
Oswaldo Begiato
Varal da Artes
Mírian Warttusch
Clara Luz do Meu Pensar
Eternal - Fractals
Universo na Poesia
Nivaldo Tavares
Mesa de Cantos
Mil Almas Inquietas
Poeta Cards
Retalhos de Poesia
Luz de Aldebarã
Filha do Sol
Cesar Andrade
Poética Digital