No país das sete luas




A caminho do país do sol da meia-noite
caminhamos, de mãos dadas, aromas de campos na boca
Era tempo de frutos maduros,
´ de colheitas e de turquesas vindas do país das sereias.

A caminho do país do sol do meio-dia,
um belo dia, cansada de tudo me senti
Você me carregou em seus braços até o outro lado mundo
onde dormi um sono profundo.

Ao acordar, à luz das sete luas do país das maravilhas
esqueci-me de todos os cansaços, não pranteei nada nem ninguém
Procurei por um homem apenas... e o rouxinol ao longe cantou:
-“Ele sempre vem, ele sempre vem”

Meu lindo Sunshine de todas as horas, todos os dias,
e que amanhece nesse país chamado Amor Declarado
de onde vemos um céu estonteantemente estrelado.

Quem sabe em qual lugar amanhã ele me levará?

Karla Julia

Canção" The closer I get to you", Beyoncé

 
 

Jenario de Fátima

Tonho França

Valter Montani

Oswaldo Antonio Begiato

Míriam Warttusch

Armando Licurgo

Maria Lucilia Cardoso

Diógenes Pereira de Araújo

Helena Jorge

Fátima Queiroz e sua Arte Digital

Meus Artesanatos, by Karla Julia

 



 
   
 

Campo de Orquideas by Karla
Valter Poeta
Liberdade perfeita
Oswaldo Begiato
Varal da Artes
Mírian Warttusch
Clara Luz do Meu Pensar
Eternal - Fractals
Universo na Poesia
Nivaldo Tavares
Mesa de Cantos
Mil Almas Inquietas
Poeta Cards
Retalhos de Poesia
Luz de Aldebarã
Filha do Sol
Cesar Andrade
Poética Digital