La Tendresse ou da Brevidade dos Sentimentos

Tela:Charles Courtney Curran

 


Ternura antiga quando se vai,
fica sempre um pouco no ar
Dia desses, tentei pegar...o ar
Como se fosse um pedaço de você!

Ternura antiga, sempre volta a provocar
mesmo sem querer, quando bate a saudade,
respirar chega até a doer.

Sempre sobram certas sobras
que nos acalentam
mas não alimentam.

Fiz de mim sua prece
E de você, fiz minha oração.

Apaixonada, criei minha própria cilada
e nela caí de livre e espontânea vontade
para sempre.

O que era efêmero, uma brevidade
costumo chamar agora de Eternidade.


Karla Julia

Canção:"Letīs Stay Together", Tina Turner

 
 

Jenario de Fátima

Tonho França

Valter Montani

Oswaldo Antonio Begiato

Míriam Warttusch

Armando Licurgo

Maria Lucilia Cardoso

Diógenes Pereira de Araújo

Helena Jorge

Fátima Queiroz e sua Arte Digital

Meus Artesanatos, by Karla Julia

 



 
   
 

Campo de Orquideas by Karla
Valter Poeta
Liberdade perfeita
Oswaldo Begiato
Varal da Artes
Mírian Warttusch
Clara Luz do Meu Pensar
Eternal - Fractals
Universo na Poesia
Nivaldo Tavares
Mesa de Cantos
Mil Almas Inquietas
Poeta Cards
Retalhos de Poesia
Luz de Aldebarã
Filha do Sol
Cesar Andrade
Poética Digital