Viagem Interior




Amanheci com vontade de fazer poesia
Riscando nas imensidões de uma linda manhã
E esse sol que invade minha janela
Transformo sua luminosidade em rimas douradas
Desse modo, que hoje, meu tempo é de poetar.

Vi mares de águas mais azuis que o seu olhar
Chorei ao chegar em Jerusalém, e ao sair de lá também
Fui à cidadela de quem fez Tróia cair
E naveguei no rio que foi Dádiva dos deuses
Em Noronha, nadei com o mais meigo dos golfinhos
E perplexa, vi um templo submerso, parecendo sustentar o mundo.

Sou todos os lugares por que passei
Sou também o homem que dorme e que acorda comigo
Sou o anjo que me guarda e a orquídea que insiste em vingar
Sou Caymmi, as dores da Florbela e Lispectoro sempre que posso.

E ultimamente venho sentindo palpitações...

Karla Julia

Canção: "Viva la Vida" Coldplay

 
 

Jenario de Fátima

Tonho França

Valter Montani

Oswaldo Antonio Begiato

Míriam Warttusch

Armando Licurgo

Maria Lucilia Cardoso

Diógenes Pereira de Araújo

Helena Jorge

Fátima Queiroz e sua Arte Digital

Meus Artesanatos, by Karla Julia

 



 
   
 

Campo de Orquideas by Karla
Valter Poeta
Liberdade perfeita
Oswaldo Begiato
Varal da Artes
Mírian Warttusch
Clara Luz do Meu Pensar
Eternal - Fractals
Universo na Poesia
Nivaldo Tavares
Mesa de Cantos
Mil Almas Inquietas
Poeta Cards
Retalhos de Poesia
Luz de Aldebarã
Filha do Sol
Cesar Andrade
Poética Digital