PROMESSA

 



Novas flores florescem a cada dia em nossos campos
Mas elas nada sabem do tempo iluminado em que neles passávamos
Jamais verão os anjos descuidados que atravessavam nosso caminho
Ressucitando canções que há muito haviam desaparecido.


E lá íamos nós, com estrelas nas mãos
E versos gotejando nos quatro cantos desses campos
Inventando palavras, extravazando infinitos.

Bordando rimas, tecendo poemas,
construindo nossa estrela no meio da escuridão,
e sentindo o calor de nossas mãos...

Será que sucumbimos à hipocrisia geral,
e nos esquecemos de dizer o que seria o mais natural?

Será que sucumbimos ao canto dos anjos,
e caímos numa cilada sobrenatural?

Só sei que algum dia que há de chegar,
no qual, mesmo distantes
e sabendo que é preciso navegar...

... uma constelação com seu nome ainda vou soletrar.

Karla Julia

 

Canção:"Love dacute;onīt leave here anymore uot;, Madonna

 
 

Jenario de Fátima

Tonho França

Valter Montani

Oswaldo Antonio Begiato

Míriam Warttusch

Armando Licurgo

Maria Lucilia Cardoso

Diógenes Pereira de Araújo

Helena Jorge

Fátima Queiroz e sua Arte Digital

Meus Artesanatos, by Karla Julia

 



 
   
 

Campo de Orquideas by Karla
Valter Poeta
Liberdade perfeita
Oswaldo Begiato
Varal da Artes
Mírian Warttusch
Clara Luz do Meu Pensar
Eternal - Fractals
Universo na Poesia
Nivaldo Tavares
Mesa de Cantos
Mil Almas Inquietas
Poeta Cards
Retalhos de Poesia
Luz de Aldebarã
Filha do Sol
Cesar Andrade
Poética Digital