"MEU CÂNTICO"

"Eu sou do meu amado, e
o seu amor é por mim"
Cântico dos Cânticos 7.10.

No jardim onde moro
não há frio nem o tempo passa
lá, todas as flores por ti semeadas,
são orquídeas, agora, desabrochadas.

No jardim onde moro,
ao som do canto dos rouxinóis,
cercada por girassóis, profano meu paraíso
como uma abelha, mordiscando tua epiderme
I
N
T
E
I
R
A
com o toque macio das gueixas

No jardim onde moro, transgrido o que não deveria
E me permito dançar ao som da tua eterna melodia
Convido para esse baile todas as tentações
E alcanço assim, meu canto predileto...

...esse deus de versos de seda e vastidão de mãos.

Karla Julia

Canção: "Europa", Santana

E a poeta inspirou-se...

 
 

Jenario de Fátima

Tonho França

Valter Montani

Oswaldo Antonio Begiato

Míriam Warttusch

Armando Licurgo

Maria Lucilia Cardoso

Diógenes Pereira de Araújo

Helena Jorge

Fátima Queiroz e sua Arte Digital

Meus Artesanatos, by Karla Julia

 



 
   
 

Campo de Orquideas by Karla
Valter Poeta
Liberdade perfeita
Oswaldo Begiato
Varal da Artes
Mírian Warttusch
Clara Luz do Meu Pensar
Eternal - Fractals
Universo na Poesia
Nivaldo Tavares
Mesa de Cantos
Mil Almas Inquietas
Poeta Cards
Retalhos de Poesia
Luz de Aldebarã
Filha do Sol
Cesar Andrade
Poética Digital