Vertigo

Meus sentidos estão para serem perdidos
Nas pausas de tuas entrelinhas
Já começo a não sentir o chão sob meus pés
E meu corpo, já sem forças, procura-as no teu.

Outra vez o mesmo desejo
E essa trilha sonora, meu eterno cortejo
Latejando em minha cabeça, meus ouvidos
E o som da tua voz, que me tira os medos
transformando-me em tuas mais lindas rimas.

Languidamente, desabo nessa vertigem de amor
num estado que me arranca de mim e me joga pra fora
Não sentindo mais nada, apenas teus braços
Que gentilmente me envolvem
E teu aconchego, que a vida me devolve

Karla Julia

 

Canção:"Slave to Love", Bryan Ferry

 

 
 

Jenario de Fátima

Tonho França

Valter Montani

Oswaldo Antonio Begiato

Míriam Warttusch

Armando Licurgo

Maria Lucilia Cardoso

Diógenes Pereira de Araújo

Helena Jorge

Fátima Queiroz e sua Arte Digital

Meus Artesanatos, by Karla Julia

 



 
   
 

Campo de Orquideas by Karla
Valter Poeta
Liberdade perfeita
Oswaldo Begiato
Varal da Artes
Mírian Warttusch
Clara Luz do Meu Pensar
Eternal - Fractals
Universo na Poesia
Nivaldo Tavares
Mesa de Cantos
Mil Almas Inquietas
Poeta Cards
Retalhos de Poesia
Luz de Aldebarã
Filha do Sol
Cesar Andrade
Poética Digital