"La reine est morte"



Portrait de Ana Bolena


Minha saudação que era de chegada,
Virou despedida, e mais nada
Sem mágoas, nem rancores
Um simples fica bem
E todo meu amor também



Me despeço por nós dois
Por tudo o que sentimos
E pelo que deixamos de viver
Pelo o que você pressentiu
Mas que não era verdade
E por toda minha sinceridade



Parti pensando que te encontraria
Voltei com a certeza de que te despedirias
Ka(lada), me reservo o direito ao silêncio
Guardo no coração um mundo de sentimento
Sou a última, depois de ti, a sair
Fecho a porta sem fazer ruído.



É aí que termina nossa história.

"A rainha está morta.
Vida longa para a próxima!"

Karla Julia

 

Canção:"One of these Mornings" MobyFeatPattLabelle

 
 

Jenario de Fátima

Tonho França

Valter Montani

Oswaldo Antonio Begiato

Míriam Warttusch

Armando Licurgo

Maria Lucilia Cardoso

Diógenes Pereira de Araújo

Helena Jorge

Fátima Queiroz e sua Arte Digital

Meus Artesanatos, by Karla Julia

 



 
   
 

Campo de Orquideas by Karla
Valter Poeta
Liberdade perfeita
Oswaldo Begiato
Varal da Artes
Mírian Warttusch
Clara Luz do Meu Pensar
Eternal - Fractals
Universo na Poesia
Nivaldo Tavares
Mesa de Cantos
Mil Almas Inquietas
Poeta Cards
Retalhos de Poesia
Luz de Aldebarã
Filha do Sol
Cesar Andrade
Poética Digital